Estudantes brasileiros levam ouro, prata e bronze na Olimpíada Internacional de Química

O Brasil foi destaque na Olimpíada Internacional de Química que terminou nesse fim de semana, na Eslováquia e na República Tcheca. A gente trouxe pra casa quatro medalhas: duas de ouro, uma de prata e uma de bronze! Dos quatro brasileiros premiados, três são do Ceará: a Ivna de Lima Ferreira Gomes, de 17 anos, levou a de ouro, o João Víctor Moreira Pimentel, de 16, ganhou a prata e a medalha de bronze ficou com o Orisvaldo Salviano Neto, também de 17 anos. A outra medalha de ouro foi conquistada pelo Vinícius Figueira Armelin, de 17 anos. Ele é morador de Valinhos, na Região Metropolitana de Campinas, em São Paulo. Essas medalhas de ouro são inéditas pro Brasil, que participa da competição há 19 anos! Os estudantes brasileiros estavam entre os 304 participantes de 76 países. Os 35 melhores competidores levam medalhas de ouro pra casa. O Vinicius ficou em 11º lugar. A Olimpíada é composta por testes práticos com três exercícios de áreas diferentes da química, além de uma prova teórica com oito exercícios que tinham 57 páginas.